MINUTO DE ECONOMIA


CAGED MOSTRA CRIAÇÃO DE 253.083 EMPREGOS, ABAIXO DAS EXPECTATIVAS. REVISÃO DOS DADOS DE 2020 APROXIMAM O CAGED DA REALIDADE…  

  • Os dados do Caged divulgados hoje indicam a criação de 2 empregos formais em setembro, abaixo da projeção do mercado (270 mil) e da GO Associados (320 mil).  

  • O saldo de empregos formais acumulados desde o início de 2021 é de 2,64 milhões. A tendência é que o saldo no mercado formal feche o ano próximo a 3 milhões de vagas criadas.

  • No mês de outubro a maior contribuição veio do setor de serviços (144,6 mil).  

Criação de empregos por setor


  • Apesar do resultado positivo, chamou atenção a nova revisão dos dados de 2020, de criação de 142,7 mil vagas para destruição de 191,5 mil. Isto aproxima os dados do Caged da realidade, com um número negativo em 2020 e recuperação ao longo de 2021.

  • Apesar da revisão em 2020, a forte recuperação do mercado de trabalho em 2021 é inequívoca e observada também na PNAD Contínua. A taxa de desemprego que chegou a 14,9% no 1º trimestre de 2021, fechou o 3º trimestre em 12,6%

Avanço da vacinação e retomada econômica elimina diferença entre taxa de desemprego real e oficial de desemprego…   

  • A taxa de desemprego no trimestre móvel encerrado em setembro caiu de 13,2% para 12,6% A queda foi superior às expectativas do mercado e da GO Associados (12,9%).   

  • A queda na taxa de desemprego reflete a retomada da atividade econômica, principalmente do setor de serviços.

  • A população fora da força de trabalho continua caindo, entre o trimestre encerrado em agosto e o encerrado em setembro, 1,8 milhão de pessoas voltaram a estar empregadas ou a procurar emprego.

  • Além disso, a população ocupada chegou a quase 93 milhões de pessoas, pouco menos do que o nível pré-pandemia (93,7 milhões em fev/20).

  • O fim de ano costuma causar uma redução na taxa de desemprego. Entretanto, a velocidade desta queda na retomada pós pandemia é muito positiva mesmo com uma atividade patinando no 3º trimestre. Na quinta o PIB será publicado e a projeção da GO Associados é de estabilidade.

  • A taxa real de desemprego calculada pela GO Associados também mostra esta normalização do mercado de trabalhado, com uma queda de 18% para 12,9%. Neste cálculo o nível de participação da força de trabalho é mantido constante em relação à população acima de 14 anos com base nos dados de 2019/20.   


  • Os dados mostram claramente uma normalização do mercado de trabalho. Porém a variante Ômicron coloca em risco estes avanços.  

  • Diversos países, incluindo o Brasil, anunciaram fechamento de fronteiras para alguns países africanos e se discute na Europa novos fechamentos, o que aumenta a volatilidade dos mercados financeiros.

0 visualização0 comentário