Marble Surface

GO Associados

Conteúdos 

Gesner Oliveira aborda os impactos da energia nas mudanças climáticas no 9º Fórum LIDE de Energia

O evento aconteceu online, nesta terça (31), e contou com a participação de diversos especialistas no tema.

 

O sócio executivo da GO Associados, Gesner Oliveira, participou nesta terça-feira, 31 de agosto, do 9º Fórum LIDE de Energia, que teve como tema “Energia em Transição”. O especialista integrou o painel que discutiu “Impactos da Energia nas Mudanças Climáticas”. O evento teve transmissão por meio de plataforma exclusiva do LIDE.

 

Além de Gesner, a diretora-presidente da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Patrícia Iglecias, também esteve presente no painel. O debate foi moderado por Luiz Fernando Furlan, chairman do LIDE, e Roberto Giannetti da Fonseca, presidente do LIDE Energia.

 

Na ocasião, Gesner Oliveira falou sobre a crise hídrica atual, fazendo uma comparação com a crise hídrica de 2001. “A matriz atual é mais diversificada do que em 2001, embora não seja ainda o suficiente. Temos um potencial enorme para utilizar outras fontes de energia e diminuir ainda mais a dependência dos recursos hídricos, como o uso dos resíduos sólidos urbanos, por exemplo”, afirmou.

 

Gesner pontuou, ainda, os efeitos econômicos da crise hídrica: inflação, crescimento, agricultura e as expectativas. Reforçou o impacto da crise na conta de energia, que sofreu um aumento de 9,41% no acumulado de 2021. Além disso, informou que os impactos da crise hídrica e as geadas geraram uma redução de 15,53% na colheita da safra de milho. “Também houve a queda da projeção de crescimento do PIB em 2021, que saiu de 5,30% para 5,27%”, enfatizou o economista.

 

Gesner elencou, ainda, as 10 medidas para atenuar a crise hídrica no curto, médio e longo prazo, que perpassam pela comunicação, aumento de oferta, incentivo econômico para redução da demanda, prevenção contra apagão, redução da demanda por unidade de PIB, redução da dependência as chuvas e combate a mudanças climáticas.

 

Dentre as medidas a curto prazo para atenuar a crise, Gesner destacou a mudança na comunicação e salientou que uma conscientização maior das autoridades se mostra essencial neste momento de crise e deve ser o primeiro passo para essa resolução do problema. Uma outra questão mencionada pelo palestrante é o implemento do sistema de bônus para redução de consumo e multas pela ultrapassagem teto fixado, diferenciando grandes consumidores e residenciais. Para prevenir apagões, ainda como medida a curto prazo, Gesner ressalta a importância do retorno do horário de verão para este ano e rodízio de desligamentos programados.

MicrosoftTeams-image (12).png