MINUTO DE ECONOMIA


BOCA JACARÉ ENTRE IGP-M E IPCA DEVE FECHAR EM 2022…

  • Volta das exportações de carne e demanda doméstica fazem IGP-M de dezembro subir mais do que a expectativa do mercado. Índice fechou 2021 em 17,78%.

  • O IGP-M de dezembro subiu 0,87%, pressionado pelo preço dos bovinos (11,69%) com a retomada das exportações para a China. O resultado veio acima das projeções de mercado (0,65%) e da GO Associados (0,66%).

  • O IPA subiu 0,95% em dezembro, acumulando alta de 20,57% no ano. O índice de preços ao produtor amplo (IPA) representa 60% do IGP-M, sendo o índice mais sensível à variação de preços das commodities e do câmbio.

  • O resultado de 2021 teve contribuição principalmente do preço de alguns produtos agrícolas, como o café, 152,35%, e a cana-de-açúcar, 57,13%.

  • A combinação da alta menor do IGP-M e a disparada do IPCA começou a fechar a boca de jacaré entre os dois índices como mostra o gráfico. O IGP-M de dezembro e o IPCA de novembro acumulam alta, respectivamente, de 17,78% e 10,74 nos últimos 12 meses. 

IPCA e IGP-M acumulado em 12 meses (%)


  • O Índice de Preços ao Consumidor, que tem peso de 30% no IGP-M, registrou alta de 0,84%, acumulando 9,32% em 12 meses.

  • Para 2022, é preciso ter atenção sobre reajustes em preços administrados, como passagens de transporte público, por exemplo, que devem sofrer reajustes refletindo a disparada dos combustíveis observada ao longo de 2021. Tal fato tem maior relevância para o IPCA no qual a cesta de bens de consumo tem maior peso.

  • Uma alternativa legislativa para evitar a disparada nos preços do transporte público urbano é o Projeto de Lei 4489/2021 que faz o Governo Federal bancar a gratuidade de idosos nos municípios. Esta medida poderia atenuar os aumentos previstos para o próximo ano.

  • Para 2022 a projeção é de que o IGP-M volte ao patamar abaixo dos 10% com a melhora na organização das cadeias produtivas e na ausência de situações climáticas adversas. A projeção da GO Associados para o IGP-M e IPCA em 2022 é de, respectivamente, 5,5% e 5%.


2 visualizações0 comentário