MINUTO DE ECONOMIA


Avanço da vacinação e abertura da economia fazem taxa de desemprego cair para próximo do patamar do pré-pandemia…  

  • A taxa de desemprego no trimestre móvel encerrado em outubro caiu de 12,6% para 12,1%. A queda foi superior às expectativas do mercado (12,3%) e da GO Associados (12,2%).  



  • A queda na taxa de desemprego reflete a retomada da atividade econômica, principalmente do setor de serviços. O nível de pessoas ocupadas é o maior desde abril de 2020.

  • A população subutilizada caiu 6,5%, chegando a 29,9 milhões de pessoas.

  • O número de empregados sem carteira assinada subiu 9,5% enquanto os empregos com carteira assinada aumentaram 4,1%. A taxa de informalidade está em 40,7%.

  • Se o mercado de trabalho está retomando o nível pré-pandemia, a renda ainda não está recuperando no mesmo ritmo, graças à aceleração da inflação e o crescimento da informalidade: o rendimento real habitual ficou em R$2.449,00, uma queda de 4,6% em comparação ao trimestre anterior e 11,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.


0 visualização0 comentário