MINUTO AGRO


Brasil deve continuar sendo o maior produtor mundial de soja em 2022…

  • O mercado brasileiro de soja continua a mostrar sua tendência de crescimento. Com relação a safra passada, 2020/21 mostrou um aumento de área de 4,3%, de produtividade 4,5% e de produção 8,9% em relação a safra anterior. Ou seja, 38,5 milhões de ha plantados, 3,5 ton/ha de produtivade e 136 milhões de toneladas produzidas.

  • Segundo a Conab, projeta-se para safra 2021/22 um aumento de área plantada para 39,91 milhões de ha plantados, um acréscimo de 3,6%. As justificativas para esse aumento estão em função do câmbio atrativo, boa rentabilidade em 2021 e expectativas positivas para 2022, além dos preços internacionais elevados em 2021.

  • A respeito da produtividade, apesar de ser estimado um pequeno aumento de 0,29% com relação a safra 2020/21, considera-se este percentual de extrema importância em virtude de toda tecnologia aplicada no campo. Com isso, a estimativa de produção para a safra de 2021/22 é de 141,26 milhões de toneladas, um aumento de 3,9% com relação a safra passada.

  • As estimativas de produção realizadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) não diferem tanto das feitas pela Conab. O Departamento projeta uma produção de soja para o Brasil de 144 milhões de toneladas para safra 2021/22, destacando o país como principal produtor mundial de soja, seguido dos EUA.

  • Com relação a produção mundial, o USDA prevê um aumento de 6,04% para a safra 2021/22, totalizando 385,52 milhões de toneladas. Ainda, tem-se a China como maior importadora global de soja, responsável por 64% de todas as importações mundiais. Em segundo lugar vem a União Europeia com 9,22% das importações mundiais.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo