MINUTO AGRO


Preço da soja volta a aumentar pressionado por cotações internacionais…

  • O indicador da soja do Cepea – Paranaguá (PR), subiu 10,4% na comparação semanal. Passou de R$ 163,81 para R$ 164,28 por saca. Analisando os últimos quatorze dias, o preço mais elevado tinha sido no dia 15 de junho, R$164,45 por saca.

  • Esta alta semanal se dá pela recuperação das cotações da soja na Bolsa de Chicago, em função dos números de áreas plantadas apresentadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).


Indicador de soja nos últimos dias, pelo porto de Paranaguá (R$/Saca)


Preço do trigo pode aumentar, produto deve substituir milho na nutrição animal…

  • As geadas na última semana atingiram praticamente todas as regiões do Brasil, principalmente, as plantações de segunda safra de milho no Sul do país, provocando um elevado déficit do produto, causando danos a nutrição animal. Logo, o trigo irá substituir o milho e esse cenário tende aquecer a demanda por trigo.

  • De acordo com dados do Cepea, o preço do trigo já teve uma alta, principalmente, os pagos aos produtores. Após uma queda nos preços no dia 24 de junho de 1,53% comparado ao dia anterior, o preço do trigo está se recompondo nos últimos dias.

China poderá reduzir sua demanda por soja mundial, o que pode diminuir o preço do produto…

  • De acordo com o Serviço Agrícola estrangeiro, fatores como o ressurgimento da peste suína africana, utilização de estoques, redução na utilização do farelo de soja para ração animal e a queda nos preços da carne suína, podem enfraquecer as importações chineses.

  • Lembrando que a China é responsável por 60% das importações de soja no mundo. Ainda, o principal planejador econômico da China aconselhou os suinocultores sobre uma queda excessiva nos preços de suínos, para que possam ajustar seus planos para estabilização dos suprimentos

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo